Acolhida dos Símbolos da JMJ – Rio 2013

 Era dia 29 de setembro, último sábado, exatamente às 20:30 hs quando a equipe diocesana responsável pala Acolhida da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora se dirigiu para à cidade de Parintins – AM, a fim de receber a entrega dos símbolos da JMJ e, assim, dá início na Diocese de Óbidos ao Evento do Bote Fé.

 Foram 14 horas de viagem até Parintins. A equipe amazonense fez a entrega dos símbolos à Diocese de Óbidos na divisa entre os Estados do PA e AM, que fica exatamente na Serra da Vitória, ou seja, o fato ocorreu no meio do Rio Amazonas, um momento grandioso e bem significativo para as duas embarcações, que tiveram as águas do Amazonas como testemunhas do ato de entrega. Houve alegria de ambas as partes, tanto do povo amazonense quanto do povo paraense, este por se a primeira Diocese do Estado a receber a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, relíquias deixadas pelo beato, Papa João Paulo II à juventude do mundo inteiro; aquele por se a última diocese do Estado do Amazonas a receber a Cruz e o Ícone.

 Depois de todo o protocolo necessário a quem entrega e a quem recebe os símbolos da JMJ, seguimos viagem com destino a Juruti, primeira cidade do Pará a receber a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora para o Evento Bote Fé. Viagem sincronizada ao balançar das águas escuras do Amazonas e com o som do vento a nos impulsionar para o destino a que estávamos submetidos a cumprir. Éramos iluminados pelo brilho forte do Sol que se mostrou majestoso ao se pôr e, ainda, na dança das águas pudemos vislumbrar o balé dos botos em nossa volta. Sentíamos como se a natureza em si louva-se ao Criador, sinal de que a Cruz era reflexo de vida, e de que Maria nos cobria com sem manto estrelado ao cair da noite.

 Assim, deitada e embalada pelas redes paraenses, tivemos a honra e o cuidado de trazermos à nossa terra os símbolos da JMJ, em torno dos quais já se reunirão milhões de pessoas por todo o mundo. Agora era a nossa vez. Bote Fé!

Anúncios